Vítimas do HSBC: O depoimento do Sindicato dos Bancários

Fechamos 2015 com este vídeo que explica as dificuldades que bancários enfrentam todos os dias e porque as doenças psíquicas são as que mais os atingem. 2016 será um ano de ainda mais lutas. Assista e compartilhe.

Sexto relato – Vítimas do HSBC

O assédio moral organizacional afeta todos em uma empresa, desde os menores até os altos cargos. Pessoas em cargos de gerência são, muitas vezes, impelidas a submeter outros funcionários ao assédio, por medo de ser demitidas, humilhadas ou perseguidas. Este depoimento relata uma destas histórias.

História do movimento

Trabalhar no HSBC adoece. Esse e outros dados assustadores revelados por uma pesquisa levaram o Instituto Declatra a dar início ao movimento Vítimas do HSBC, contra o assédio moral nos bancos e nas empresas em geral.

Assista e compartilhe. Dar voz a essas histórias é o primeiro passo para combater o assédio.

Quinto relato – Vítimas do HSBC

Ela preferiu não mostrar o rosto com medo de novas represálias, pois ainda trabalha no banco. Assista ao quinto depoimento das vítimas do HSBC e compartilhe. Não vamos deixar que o assédio fique no silêncio.

Quarto relato – Vítimas do HSBC

Este é André, marido da Terezinha – o rosto do terceiro depoimento postado aqui. Ela contou para nós como foi a experiência de trabalhar no banco. Ele contou como foi lidar com isto. Assista.

Terceiro relato – Vítimas do HSBC

Terceiro de uma série de relatos verdadeiros de experiências vividas dentro do banco HSBC.

Segundo relato – Vítimas do HSBC

Segundo de uma série de relatos verdadeiros de experiências vividas dentro do banco HSBC.

Primeiro relato – Vítimas do HSBC

Primeiro de uma série de relatos de experiências vividas dentro do banco HSBC.

 

Em breve: Vítimas do HSBC

Em breve, relatos de sofrimento e angústia vividos no ambiente de trabalho.

Um movimento pela vida

Humilhação, controle, assédio moral, terrorismo psicológico e ameaças de demissão não podem ser método de gestão de uma empresa. Este movimento é para todos os que são, de alguma forma, vítimas do sistema bancário.

Os bancos adotam um modelo de trabalho que está levando milhares de pessoas à depressão, doenças, fadiga, stress, frustração e até suicídio.

O HSBC agora pretende se retirar do país sem maiores explicações, deixando para trás 22 mil trabalhadores inseguros quanto ao seu futuro e aos seus empregos. Isto sem contar os empregos indiretos e o comércio que se desenvolveu como apoio em torno de agências.

Este movimento é por mudanças nestes modelos de gestão e pelos que se sentem explorados todos os dias. Seja por ser funcionário do banco, sofrendo com pressões, ameaças e humilhações, ou por ser cliente, lidando com abusos e desrespeitos cotidianamente, assim como pelos funcionários de quaisquer outras empresas que passam por situações semelhantes.

Nos ajude compartilhando, comentando, interagindo e influenciando.